Ir para o conteúdo.

Sistema Integrado da Qualidade e Segurança

O Conselho de Administração, na sua sessão de 3 de Junho de 2016, deliberou criar um Sistema da Qualidade e Segurança, nos termos do Despacho nº3635/2013 de 27/02 do Secretário de Estado Adjunto do Ministro da Saúde, constituído por diversas estruturas, polarizadas numa Comissão da Qualidade e Segurança (CQS).

A CQS integra os responsáveis das seguintes estruturas:

A CQS, do qual serão membros por inerência os responsáveis das oito estruturas acima referidas, é presidida pelo Presidente do Conselho de Administração.

As estruturas indicadas gozam de autonomia técnica e reportam ao Conselho de Administração, sem prejuízo de deverem articular as suas actividades em matéria da Qualidade e Segurança.

Objectivos Estratégicos da Comissão da Qualidade e Segurança para o triénio 2017_2019

  • Promover a melhoria da cultura da qualidade e segurança do ambiente interno
  • Prevenir riscos profissionais
  • Proteger a saúde e bem-estar dos trabalhadores
  • Promover ambientes de trabalho saudáveis
  • Promover programas de acreditação/ certificação
  • Promover a melhoria da qualidade clínica e organizacional
  • Monitorizar a qualidade e segurança no CHLC
  • Utilizar as Auditorias Internas e Externas como instrumento de gestão
  • Aumentar a adesão às normas de orientação clínica
  • Aumentar a segurança na utilização da medicação
  • Assegurar a identificação inequívoca dos doentes
  • Prevenir as quedas e danos associados
  • Prevenir e gerir as úlceras por pressão
  • Prevenir e controlar as infecções e as resistências aos antimicrobianos
  • Aumentar a segurança cirúrgica
  • Garantir a correcta transferência de informação nas transições de cuidados
  • Aumentar a segurança da comunicação ao cidadão
  • Garantir a correcta utilização do consentimento informado
  • Assegurar a prática sistemática de notificação, análise e prevenção de incidentes
  • Promover a aplicação da Tabela Nacional de Funcionalidade

Missão e objetivos

• Apoio ao CA no planeamento e actuação em situações de catástrofe, assegurando o relacionamento externo e interno com as várias entidades, no sentido de assegurar uma coordenação eficaz das operações a desenvolver e dos recursos a mobilizar, bem como, das orientações a transmitir, de modo a contribuir para um bom desempenho do CHLC.
• Assegurar a articulação e colaboração com o Serviço Nacional de Protecção Civil e com outras entidades com competência e vocacionadas para a intervenção em catástrofe, como sejam, as corporações de bombeiros, forças de segurança, etc.
• Promover a elaboração de planos de catástrofe e emergência e desenvolver as acções internas e externas necessárias a uma actuação eficaz do pessoal e serviços potencialmente envolvidos;
• Organizar acções de prevenção, informação e sensibilização dos profissionais para efeitos de mobilização em situações de catástrofe;
• Promover, em articulação com as entidades com competência específica, acções de vistoria ou auditoria às instalações do CHLC, tendo em vista a verificação de condições de segurança ou condições propiciadoras de catástrofes.

Composição

Coordenador: Rui Moreno
Conceição Botas
José Videira e Castro
Fernando Maltez
Francisco Oliveira Martins
Paulo Barreto
Delfin Tavares
Palmira Silva
Susana Ramos
Isidro Catarino

O Gabinete de Auditoria foi instituído por deliberação do Conselho de Administração em sessão de 03/06/2016 e foi divulgado nas Circulares Informativas n.º 272 de 05/08/2016 e n.º 431 de 14/12/2016 do CHLC.
Integra o Sistema da Qualidade e Segurança do CHLC e participa na respetiva Comissão da Qualidade e Segurança.
Define-se Auditoria em Saúde como a análise sistemática e crítica da qualidade dos cuidados prestados aos doentes, para obter evidências objetivas identificando oportunidades para introduzir melhorias.

São competências do Gabinete de Auditoria:

  • Planear e implementar um programa de auditoria transversal a todo o CHLC;
  • Auditar programas de atividades de Auditoria, no âmbito da qualidade e Governação Clínica, quando solicitado por outras estruturas do CHLC;
  • Assegurar a realização de auditorias à implementação de Normas de Orientação Clinica, de acordo com o Plano de Ação das Comissões de Qualidade e Segurança da ACSS;
  • Assegurar a realização de auditorias no âmbito de processos de Acreditação;
  • Divulgar informação resultante de auditorias ao Conselho de Administração e às estruturas envolvidas;
  • Elaborar recomendações para a melhoria das práticas de acordo com os resultados obtidos nas Auditorias;
  • Colaborar com outras estruturas externas à Instituição, nomeadamente através da sua participação nas auditorias realizadas e na divulgação dos relatórios.

A atividade de auditoria é desempenhada de acordo com os valores e o Código de Ética do CHLC e com os princípios recomendados pela Norma NP EN ISO 190011:2012:

  • Integridade;
  • Apresentação justa;
  • Devido cuidado profissional;
  • Confidencialidade;
  • Independência;
  • Abordagem baseada nas evidências.

Contactos:
gabinete.auditoria@chlc.min-saude.pt
sec.gabinete.auditoria@chlc.min-saude.pt

Natureza e Missão

O Gabinete do Cidadão foi criado por Despacho Ministerial nº 26/8, II Série de 30 de Junho e tem como missão dar voz aos utentes e cidadãos enquanto agentes activos e responsáveis detentores de direitos e deveres, numa lógica de mediação e diálogo num enquadramento institucional.

Atribuições do Gabinete do Cidadão

  • Informar os utentes dos seus direitos e deveres;
  • Receber as reclamações sobre o funcionamento dos Serviços, ou comportamento dos seus funcionários;
  • Redigir as reclamações orais, quando os reclamantes não possam fazê-lo;
  • Receber sugestões dos utentes;
  • Recolher da Imprensa recortes com assuntos alusivos ao Serviço;
  • Promover e divulgar o Gabinete do Cidadão.

Pode apresentar a sua exposição através dos seguintes meios:

  • Livro de Reclamações
  • Atendimento personalizado – Dias úteis entre as 9h e as 17h
    HSJ – junto do Gabinete do Cidadão
    HSM, HSAC, HDE, HCC e MAC – junto do Serviço Social
  • Via Postal
    Centro Hospitalar Lisboa Central, EPE
    Gabinete do Cidadão
    Rua José António Serrano
    1150-199 Lisboa
  • Por email
    gabinete.cidadao@chlc.min-saude.pt


Como deve apresentar a sua exposição:

Independentemente do meio que venha a utilizar, e de modo a permitir um contacto correcto e célere tratamento, a sua exposição deverá conter obrigatoriamente os seguintes dados:

  • Nome Completo
  • Nome do Doente (sempre que o exponente for diferente do utente a que se refere a exposição)
  • Morada completa (incluido o código postal com 7 digitos)
  • Telefone
  • Texto (sugestão):
    – Quando aconteceu (data e hora);
    – Onde aconteceu (Serviço ou Serviços do Hospital);
    – Com quem aconteceu (grupo profissional dos profissionais envolvidos- ex.: médicos, enfermeiros, administrativo, técnico, auxiliar, segurança, etc.)

O GCL-PPCIRA tem por missão implementar uma abordagem estruturada multidisciplinar e multiprofissional de prevenção e controlo de infecção associada a cuidados de saúde, nomeadamente da adquirida durante o internamento hospitalar, e de utilização judiciosa de antimicrobianos, promovendo a sua eficácia clínica e limitando a sua toxicidade e a emergência de resistências microbianas.

O GCL-PPCIRA integra a Comissão da Qualidade e Segurança do Doente do CHLC.

Organograma

Contactos Gerais:
Telefone: 21 884 10 00

Email: gcl.ppcira@chlc.min-saude.pt

Polo Hospital S. José
Email: ppcira.hsj@chlc.min-saude.pt

Hospital de Santo António dos Capuchos
Email: ppcira.hsac@chlc.min-saude.pt

Polo Hospital de Santa Marta
Email: ppcira.hsm@chlc.min-saude.pt

Polo Hospital Dona Estefânia
Email: ppcira.hde@chlc.min-saude.pt

Polo Hospital Curry Cabral
Email: ppcira.hcc@chlc.min-saude.pt

Polo Maternidade Dr. Alfredo da Costa
Email: ppcira.mac@chlc.min-saude.pt

 

Certificação CHKS – 2014

A Saúde Ocupacional tem como finalidades a prevenção dos riscos profissionais e a protecção e promoção da saúde dos trabalhadores.

A qualidade de vida no trabalho, conducente à realização pessoal e profissional, tem de se inserir numa matriz de desenvolvimento que integra como pilar fundamental as adequadas condições de higiene, segurança e saúde nos locais de trabalho.

Os objectivos gerais da Saúde Ocupacional são:

  • Proteger e promover a saúde e prevenir a doença nos trabalhadores;
  • Prevenir e controlar os riscos profissionais, as doenças profissionais e os acidentes de trabalho;
  • Melhorar as condições de trabalho e de segurança, de modo a criar um ambiente de trabalho são e seguro;
  • Desenvolver uma cultura de Prevenção e de Promoção da Saúde na Organização.

A Segurança e Saúde do Trabalho depende também da participação de cada um de nós!

Sectores de actividade
  • Medicina do Trabalho – Exames Médicos de Admissão, Periódicos e Ocasionais;
  • Programas de Vacinação;
  • Avaliações de Risco e Postos de Trabalho;
  • Protecção Radiológica dos Trabalhadores Expostos a Radiações Ionizantes;
  • Análise, Vigilância e Prevenção dos Acidentes de Trabalho e Doenças Profissionais;
  • Psicologia Ocupacional – Programa de Apoio a Trabalhadores;
  • Saúde Oral;
  • Formação e Informação e Processos de Acreditação.

Director (a)

Maria João Manzano

Morada:
Rua José António Serrano, 1150-199 Lisboa

Email:
mjmanzano@chlc.min-saude.pt

Contactos Secretariado
Email: carlos.carvalho@chlc.min-saude.pt

Telefone: 218841372

Atendimento
Hospital S. José
Horário: 08h às 17h30

Hospital dos Capuchos
Horário: 08h30 às 17h30

Hospital Santa Marta
Horário: 08h30 às 17h

Hospital D. Estefânia
Horário: 08h30 às 17h30

Hospital Curry Cabral
Horário: 08h às 16h

Maternidade Dr. Alfredo da Costa
Horário: 08h30 às 16h30

Area Cidadão