Investimento de 2,4 milhões de euros em equipamentos no CHULC

O Centro Hospitalar Universitário de Lisboa Central (CHULC) foi autorizado pelo Ministério da Saúde a adquirir equipamentos tecnologicamente avançados, num valor superior a 2,4 milhões de euros, e destinados a melhorar a resposta assistencial em meios complementares de diagnóstico e terapêutica de áreas como a cardiologia, a oftalmologia ou a oncologia. A autorização da despesa foi assinada no início desta semana pela secretária de Estado da Saúde, Rosa Valente de Matos.

O investimento nestes equipamentos vai permitir potenciar a diferenciação tecnológica do CHULC (antes denominado CHLC) e internalizar mais exames e tratamentos. Os novos equipamentos vão permitir, simultaneamente, rentabilizar a capacidade instalada e aumentar a fiabilidade e segurança dos procedimentos, com impacto direto também na atividade cirúrgica.

Metade do investimento de 2,4 milhões de euros será financiado por fundos do programa comunitário POR Lisboa 2020 (POR 2020) e o restante pelo hospital, que deverá obter poupanças nos atuais custos de manutenção e assistência técnica e de transferência de doentes.

O POR 2020 tem possibilitado os últimos investimentos, especialmente desde o início de 2017, na modernização do parque de equipamentos de saúde do CHULC ou nos seus sistemas de informação. Neste âmbito, até ao momento, foram ou estão a ser executados quase 17 milhões de euros.

 

Partilhar: