Hospital Lisboa Oriental

Terminou a 31 de janeiro, a fase de apresentação de propostas do concurso público internacional para a construção e manutenção do futuro Hospital de Lisboa Oriental (HLO). Ao todo foram apresentadas 8 propostas, o que atesta a boa recetividade do projeto junto dos proponentes.

Acabou de sair no Suplemento do Jornal Oficial da União Europeia o anúncio do concurso público internacional para o “contrato de gestão que tem por objeto a gestão, em regime de parceria público-privada, do complexo hospitalar a integrar no Serviço Nacional de Saúde – Hospital de Lisboa Oriental”.

Com a publicação de anúncio em Diário da República (Anúncio de procedimento n.º 10468/2017) e sua colocação na plataforma de contratação eletrónica Vortal, ficou encerrado a 15 de dezembro de 2017 o último capítulo do lançamento do concurso público internacional para o contrato em Parceria Público-Privada (PPP) visando a conceção, construção e manutenção do Hospital de Lisboa Oriental (HLO) por 30 anos.

Foi hoje, 27 de novembro 2017, publicado em Diário da República o despacho que permite o lançamento do concurso internacional para a construção do novo hospital de Lisboa, destinado a substituir seis antigas unidades hospitalares – Hospital de São José, Hospital de Santo António dos Capuchos, Hospital de Santa Marta, Hospital Curry Cabral, Hospital de Dona Estefânia e Maternidade Dr. Alfredo da Costa.

Uma Resolução do Conselho de Ministros (RCM nº178/2017) autorizando a despesa para a construção do novo hospital de Lisboa, a instalar na freguesia de Marvila, foi publicada hoje, 28 de novembro, em Diário da República.

O Conselho de Ministros (CM) decidiu ontem, 9 de novembro, avançar com a autorização da despesa que vai permitir o lançamento do concurso para a edificação do novo hospital de Lisboa, previsto para a zona oriental, freguesia de Marvila.

No texto distribuído no final da reunião pode ler-se: “Foi autorizada a realização da despesa inerente à celebração do contrato de gestão para a conceção, o projeto, a construção, o financiamento, a conservação e a manutenção do Hospital de Lisboa Oriental, em regime de parceria público-privada.” O HLO, diz o comunicado: “consubstancia uma iniciativa essencial para a obtenção de ganhos de racionalidade e eficiência no desempenho e funcionamento da rede hospitalar da cidade de Lisboa e que, a médio prazo, gerará importantes benefícios ao nível da modernização da prestação dos cuidados de saúde.

O Conselho de Ministro acrescenta: “Em linha com o previsto no Programa do XXI Governo, pretende-se revigorar e recuperar o desempenho do Serviço Nacional de Saúde, reforçando a equidade no acesso e a qualidade dos serviços prestados, numa perspetiva de proximidade aos cidadãos e em defesa do Estado Social.”

Comunicado do Conselho de Ministros

O Novo Hospital de Lisboa, a instalar em Marvila em substituição das seis unidades do Centro Hospitalar de Lisboa Central (CHLC), foi apresentado publicamente na Sala Museu MacBride do Hospital de Santa Marta, tendo o secretário de Estado da Saúde, Manuel Delgado, presidido à sessão.

Despacho n.º 1317-A/2014, de 2014-01-27

Designação da equipa de projeto para a preparação do processo de estudo e lançamento do projeto do Hospital de Lisboa Oriental

Despacho n.º 188/2013, de 2013-12-07

Cria um grupo de trabalho ao qual compete apresentar conclusão sobre a viabilidade da prossecução do projeto de construção do Hospital Oriental de Lisboa

Despacho n.º 13672/2009, de 2009-06-15

Alteração da composição da comissão de avaliação das propostas do concurso de parceria público-privada relativo ao Hospital de Todos os Santos.

Despacho n.º 9622/2009, de 2009-04-07

Nomeação da licenciada Teresa Maria da Silva Sustelo coordenadora da comissão de avaliação de propostas do concurso de parceria público-privada relativo ao Hospital de Todos os Santos, para substituir, nessa qualidade, o licenciado Pedro Dias Alves.

Despacho n.º 10926-B/2008, de 2008-04-14

Projecto de parceria do novo Hospital de Todos os Santos: nomeação da Comissão de Avaliação das Propostas.

Despacho n.º 10926-A/2008, de 2008-04-14

Aprova o lançamento do procedimento prévio para a celebração de uma parceria público-privada relativa ao contrato de gestão do Edifício Hospitalar do Hospital de Todos os Santos.

Despacho n.º 3547/2008, de 2008-02-13

Nomeia a comissão de acompanhamento que supervisiona a preparação do lançamento de uma parceria público-privada para construção do futuro Hospital de Todos os Santos.